Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Ações reforçam valorização da vida

Publicado em 10/09/2021 às 21:40 - Atualizado em 10/09/2021 às 22:08

As ações em prol da valorização da vida foram intensificadas  no Dia Mundial de Prevenção do Suicídio (10 de setembro) em Turvo. Entrevista, carreata e palestra mobilizaram as atividades ao longo do dia.

 

A coordenadora da Atenção Básica, enfermeira Renata Pacheco Ribeiro, explica que as ações têm ocorrido ao longo de todo o mês, com mobilização também do comércio. “As vitrines alertam para o tema nos estabelecimentos e nas unidades de saúde temos ações como a caixinha de mensagens positivas e também para ficar o telefone daqueles que precisam de uma conversa com um profissional e tem dificuldade em pedir ajuda. Esta sexta-feira foi um dia de ênfase ao tema”, observa.

 

O secretário de Saúde, José Tadeu Arceno, observa que é essencial intensificar os temas das campanhas. “Pensamos ações que atinjam o cidadão que atendemos e também nossos profissionais. A saúde emocional é um fator que precisamos ter um cuidado especial”, pontua Tadeu.

 

O prefeito, Sandro Cirimbelli, durante a palestra para os profissionais da saúde e da educação, lembrou que a depressão atinge a todas as pessoas. “Trabalhar a saúde emocional é fundamental. Assim como cuidados da parte física e até de bens materiais, precisamos nos atentar para a saúde emocional e principalmente buscar a prevenção. Esta palestra é importante para que nossos profissionais se conheçam melhor e possam conhecer melhor e ajudar ao nosso cidadão. Que todos os meses sejam um mês de prevenção ao suicídio e valorização da vida”.

 

O psiquiatra, Rafael Arceno, observou que a sensibilidade com o qual o tema tem sido tratado é bastante positiva. “Temos dados técnicos, e para que surja efeito, é preciso esta sensibilidade humana. Esta sexta-feira foi uma mostra do engajamento positivo. Temos números alarmantes e que estão desatualizados. A pandemia possivelmente agravou a situação e precisamos nos preparar para enfrentar o pós-pandemia”, alertou.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar